Perguntas freqüentes

Zonas Francas

Perguntas freqüentes

Sobre as Zonas Francas

1. Que tipos de produtos são vendidos nas Zonas Económica de Curaçao?

Uma variedade de produtos, por exemplo, roupas, sapatos, artigos de couro, brinquedos, artigos domésticos, eletrônicos, jóias, produtos farmacêuticos, cosméticos, álcool, cigarros, flores, etc.

2. Qualquer tipo de produto pode ser negociado nas Zonas Económica de Curaçao?

Sim, a maioria dos produtos são autorizados, de acordo com a sua respectiva licença. No entanto, a Curinde N.V. possui uma lista de produtos proibidos, cuja introdução não é permitida nas Zonas Económica. Além disso, o comércio de varejo não é permitido.

3. Que tipos de atividades são permitidas nas Zonas Económica?

Os produtos importados podem ser armazenados, expostos, fornecidos, reempacotados, remarcados, montados ou processados para se tornar um novo produto, além do fornecimento de vários tipos de serviços como, logística, consultoria, help desk, hospedagem na web, etc, inclusive uma combinação dos serviços mencionados acima.

4. Quantas empresas estão estabelecidas nas Zonas Económica de Curaçao?

Atualmente, na Zona Económica do Porto, existe um total de 102 empresas e,  na Zona Económica do Aeroporto, existe um total de 41 empresas.

5. Quais são os benefícios de se estabelecer nas Zonas Económica de Curaçao?

O governo fornece incentivos atraentes às empresas da zona econômica: Isenção de pagamento do imposto de importação para todos os produtos autorizados a ingressar na zona econômica, isenção do pagamento de 2% de taxas sobre os lucros obtidos na exportação e nenhuma taxa sobre a venda ou sobre o terreno/propriedade. A empresa da zona econômica pode ser até 100% propriedade estrangeira. Toda a área é cercada, possuindo serviço de limpeza e segurança 24 horas por dia, sete dias por semana. Conforme suas necessidades, armazéns, salões de exposição ou escritórios podem ser alugados. Também existe disponibilidade de terrenos para arrendamento a longo prazo e construção de suas instalações personalizadas. O ambiente da ilha é favorável a negócios.

6. Quais são os requisitos para se estabelecer nas Zonas Económica de Curaçao?

Um requerimento deve ser encaminhado  a Curinde N.V, no qual a empresa deve demonstrar ser capaz de gerar pelo menos 75% de suas vendas anuais no exterior de Curaçao. Entre em contato conosco para solicitar um formulário de requerimento. Destaque-se que, uma empresa de responsabilidade limitada de Curaçao deve ser criada especialmente para a zona econômica, assim como solicitadas e concedidas as respectivas licenças.

7. O que se entende como mercado interno?

As vendas no mercado interno do país Curaçao.

8. O que é considerado exportação?

Vendas para fora de Curaçao, assim como também vendas para outra empresa estabelecida na zona econômica de Curaçao.

9. Qual é o procedimento a ser seguido para se estabelecer na zona econômica de Curaçao?

Inicialmente solicitar a Curinde o envio de formulário para requerimento, o qual deverá ser preenchido e enviado de volta a  CURINDE N.V.; a Curinde será cuidadosa com cada requerimento ao passar pelas agências policiais internacionais; A CURINDE N.V. o auxiliará em todos os procedimentos, sem nenhum custo.

10. Qual é o tamanho do período do contrato de aluguel?

Geralmente, o contrato de aluguel constitui-se em um acordo pelo prazo prorrogável de um ano.

11. Como funciona a venda para visitantes e clientes que queiram conhecer o local?

Funciona numa base de atacado. O varejo não é permitido.

12. Em que horas as Zonas Francas de Curaçao estão abertas?

De segunda a sábado das 9h00 às 12h00 e das 14h00 às 16h30. Aos domingos, somente com horário marcado.

CONTATO

  • T(599-9) 737-6000
    1-800-236-7182
  • F(599-9) 737-1336
  • Einfo@curinde.com
  • AEmancipatie Blvd 7 Landhuis Koningsplein, Curaçao