Solicite umaConsulta

Outros

Somos uma empresa de café artesanal em expansão, que desejava se estabelecer em um parque empresarial gerenciado pela Curinde.

Others

Somos uma empresa de café artesanal em expansão, que desejava se estabelecer em um parque empresarial gerenciado pela Curinde.

Com a meta de monopolizar o fornecimento para as principais cafeterias/cafés de Curaçao, desejávamos focar e direcionar nossas vendas e vender apenas para o mercado local de Curaçao.

Preenchemos um formulário de solicitação do site da Curinde, acompanhado de 2 referências bancárias e 2 referências comerciais, e então assinamos um contrato de aluguel.

Os representantes da Curinde nos aconselharam a nos estabelecer no Parque Industrial, onde as obrigatoriedades da lei da Zona Franca não se aplicam. Fomos informados que as Zonas Francas são regulamentadas pela lei da Zona Franca e que, assim, seria obrigatório exportar os nossos produtos.

Nós nos estabelecemos no Parque Industrial, onde há segurança 24 horas por dia, 7 dias por semana. Fomos informados pela Curinde que podemos nos candidatar para receber incentivos enquanto estivermos no Parque Industrial. A candidatura para os incentivos de isenção fiscal temporária deve ser enviada diretamente para o governo de Curaçao pela nossa empresa, mas os representantes da Curinde nos aconselharam sobre o processo. Como nós nos estabelecemos no Parque Industrial, não haviam obrigações da lei da Zona Franca às quais deveríamos aderir, e nenhuma licença para Zona Franca nos foi solicitada.